//1 - :
Expointer 2004: Rigotto divulga resultados da maior Expointer de todos os tempos


A agricultura familiar foi um dos grandes destaques, com a comercialização de R$ 252,339 mil, valor que supera em 17,4% o do ano passado. Neste ano, foram disponibilizados R$ 1 bilhão a mais em crédito para a produção familiar. A presença do pequeno produtor também foi sentida na comercialização de máquinas. Enquanto no ano passado o foco dos negócios foi em máquinas de grande valor, como colheitadeiras, neste ano foram implentos e máquinas menores, como tratores, os mais comercializados, mudança atribuída às aquisições dos pequenos. O número de estandes de máquinas subiu de 110 para 140 estandes, em um espaço de 11 hectares. O número de animais participantes foi de 4720, superando os 4537 do ano passado. O Banrisul recebeu propostas de negócio de R$ 21,7 milhões, 6,4% acima de 2003, e o Banco do Brasil, R$ 100 milhões, com crescimento de 4,6%.

Reflexos

O governador destacou que não é possível medir os bons resultados da Expointer apenas pelos números. Lembrou que, como espaço para discussão, neste ano foram realizados os fóruns do Mercosul para Carne e dos produtores, unido lideranças e autoridades dos dois setores nos países do bloco. "Tivemos eventos muito importantes, com a participação das federações de agricultura do Mercosul juntas nas questões da soja, como a busca por mercados, e a defesa contra barreiras fitossanitárias impostas a outros países", salientou Rigotto. Na questão da carne, foram discutidos temas como a certificação e rastreabilidade bovina, e contatos com produtores do Uruguai. "A presença do presidente Jorge Batlle aqui foi importante, pois ele defendeu a idéia de que o Rio Grande do Sul trabalhe com as mesmas medidas que o Uruguai ", declarou o governador ao ressaltar que o Uruguai é exemplo mundial em termos de sanidade animal na exportação de carne.
Também em relação à carne, Germano Rigotto que a produção ainda deve aumentar. "A reabertura dos frigoríficos, como o de Dom Pedrito, que será reaberto dia 8 de outubro, e o trabalho que estamos fazendo para combater o abate clandestino, são fatores a motivar os produtores", sustentou. "Esse sucesso da Expointer 2004 terá reflexo nas feiras municipais e regionais de animais que se iniciam a partir dos próximos dias", afirmou.

Investimentos

O Parque de Exposições Assis Brasil recebeu investimentos de R$ 4,9 milhões em melhoramentos de infra-estrutura, numa parceria do Governo do Estado com a iniciativa privada. O orçamento total da maior feira de agronegócio da América Latina foi de R$ 7 milhões. Entre as obras realizadas com recursos próprios do Estado, estão a reforma dos sanitários públicos (R$ 148.998,00) e da pista para remate de ovinos (R$ 167.861,80). Em parceria com a Febrac, foram investidos R$ 310 mil na iluminação da pista externa onde são realizadas as provas do Freio de Ouro, R$ 575 mil na construção das baias para eqüinos, R$ 550 mil na sinalização interna do parque e R$ 800 mil na realocação de linhas de transmissão de energia. "O grande sucesso desta Expointer foi possível devido às parcerias. Devido aos bons números deste ano, já existem interessados nas parcerias para 2005", frisou Rigotto.

Expointer 2005

Para a próxima Expointer, já estão planejados outros melhoramentos. Conforme anunciou o governador Germano Rigotto, deverão ser ampliadas as pistas "J" (de leilão de rústicos) e "G" (área coberta de leilão e provas de cavalo crioulo). Os pavilhões de bovinos e ovinos também poderão ser aumentados, assim como o alojamento de peões. Outras obras, já iniciadas, serão concluídas até a feira do ano que vem. Enquadram-se aí o asfaltamento do anel viário, que passa pelos portões 12 e 13 e dá acesso à BR-116, as baias de eqüinos e a sinalização do parque."
A agricultura familiar, que vinha ocupando espaço provisório a cada Expointer, a partir de 2004 contará com pavilhão permanente. Um convênio para isso foi assinado pelo governador Germano Rigotto com o Governo Federal, no último dia 31, quando o ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto, visitou a exposição. Através da parceria entre Estado e União, serão liberados R$ 858,9 mil para construção do novo pavilhão, de 2,2 mil metros quadrados. Neste ano, participaram da Expointer pequenos agricultores de 90 municípios, distribuídos em 140 estandes. Em 2003, havia 80 estandes do setor. De acordo com Rigotto, o novo pavilhão, além de possibilitar maior participação e mais conforto aos expositores, representará economia de dinheiro gasto com montagem e desmontagem do espaço provisório.
O setor de imprensa, onde trabalham os jornalistas que cobrem a Expointer, também ganhará novo local. O projeto é reunir em um mesmo prédio de dois pavimentos os profissionais de imprensa (na parte de cima) e um Clube do Produtor (no andar de baixo). A rede Sonae de Supermercados, que neste ano, entre outros investimentos, construiu o Boulevard Nacional - um dos locais de gastronomia e lazer mais freqüentados do parque -, já manifestou ao governador a intenção de patrocinar a obra. "Queremos que o parque pulse o ano todo, não só durante a Expointer e a Expoleite", declarou Rigotto ao lembrar que as casas da Brigada Militar e do Senar seguirão funcionando após o encerramento do evento.

Também participaram da divulgação do balanço os secretários da Agricultura e do Abastecimento, Odacir Klein, de Obras Públicas e Saneamento, Frederico Antunes, o presidente da Emater e da Comissão Executiva da Expointer, Caio Rocha, os presidentes da Farsul, Carlos Sperotto, da Febrac, José Paulo Cairolli, da Ocergs, Vicente Bogo, do Banrisul, Fernando Lemos, o vice-presidente da CaixaRS, Rogério Wallau, o presidente do Simers, Cláudio, e o superintendente regional do Banco do Brasil, Valmir Rossi.

Números da Expointer

- A comercialização de animais alcançou R$ 4.706.000 provenientes da venda de 1683 exemplares. O valor inclui o total de R$ 1.704.340 obtido em três leilões de eqüinos crioulo realizados na Região Metropolitana de Porto Alegre.

- As vendas de maquinário e implementos agrícolas totalizaram R$ 218 milhões até as 18h do sábado (4).

- Os negócios fechados pela agricultura familiar somam R$ 252.339,00, o que representa 17,4% a mais que em 2003.

- A mostra teve a representação de 10 países: Uruguai, Argentina, Equador, Chile, Peru, México, Canadá, Reino Unido, Alemanha e Itália.

- Participaram estandes de dois estados: Paraná e Bahia.

- Foram inscritos 5.923 animais de 170 raças. Os participantes efetivos foram 4.720 de 160 raças.

- A edição teve 140 estandes de maquinário e implementos agrícolas, em espaço de 11 hectares. Na edição anterior, foram 110 estandes.

- A central do TudoFácil realizou 10 mil atendimentos, em serviços da CEEE, Corsan, Detran. IPE, FGTAS/Sine, Instituto-Geral de Perícias - Departamento de Identificação e Procergs.

- O número de ingressos vendidos foi de 207.934, que se somam a mais 61 mil patrocinados pelo Sindicato da Indústria de Máquinas e Implementos Agrícolas no Rio Grande do Sul (Simers), totalizando 268.934. Em 2003, foram vendidos 207.603 ingressos.

- O Parque de Exposições recebeu R$ 4,9 milhões em investimentos, numa parceria do Governo do Estado com a iniciativa privada. O orçamento total da maior feira de agronegócio da América Latina foi de R$ 7 milhões. Entre as obras realizadas com recursos próprios do Estado estão a reforma dos sanitários públicos (R$ 148.998,00) e da pista para remate de ovinos (R$ 167.861,80). Em parceria com a Febrac, foram investidos R$ 310 mil na iluminação da pista externa do Freio de Ouro, R$ 575 mil na construção das baias para eqüinos, R$ 550 mil na sinalização interna do parque e R$ 800 mil na realocação de linhas de transmissão de energia no parque.

- O animal mais pesado da mostra, confirmado pelo Serviço de Exposições e Feiras (SEF) da Secretaria da Agricultura e Abastecimento (SAA), é o touro charolês Honra da Safra (Box 1509) , com 1.552 quilos. O reprodutor pertence a uma cabanha de Cruz Alta e outra de Lindóia do Sul (SC).

- O lance mais alto foi dado pelo reservado de grande campeão, o HFNeves 119, da Cabanha Agropecuária Bela Vista, de São Gabriel. A metade do borrego foi comercializada por R$ 51,8 mil, projetando valor do exemplar em R$ 103,6 mil.

- Participaram desta edição da Expointer 493 excursões de agricultores.

- Na Expointer 2004, o número de excursões de escolares totalizou 359.

- O Banrisul recebeu propostas de R$ 21,7 milhões.

- Participam da Feira da Agricultura Familiar 160 agroindústrias de 90 municípios gaúchos, reunidas em 140 bancas. Cerca de 500 pessoas, entre produtores, técnicos e organizadores estiveram envolvidos na atividade.

- A 21ª Exposição do Artesanato do Rio Grande do Sul (Expoargs) na Expointer 2004, comercializou R$ 387 mil até a noite de sábado (4). O valor corresponde à venda de 37.520 peças. Participaram da Expoargs, 260 artesãos em 180 estandes, selecionados entre 1,2 mil artesãos de todo o Estado.

- Os 35 profissionais da Central de Imprensa do Governo do Estado e da Secretaria da Agricultura e Abastecimento produziram 254 matérias até este domingo (5), ao meio-dia. Foram realizadas quatro transmissões da TV Online, 27 boletins de rádio e dois informes diários na Rádio Poste do Parque Assis Brasil. Foram distribuídos na Central de Imprensa aproximadamente 5 mil releases até o meio-dia deste domingo. Foram credenciados 126 veículos de comunicação e um total de mil jornalistas e radialistas. Da Central de Imprensa, 17 emissoras de rádio passaram boletins para todo o Brasil, além de Uruguai e Argentina. Até o meio-dia deste domingo, foram feitas 400 fotos pelos profissionais de imprensa do Governo do Estado." border=0 alt="" align=right width=168 height=110 vspace=0 hspace=0 class=foto>
 
:/Expointer 2004: Rigotto divulga resultados da maior Expointe...
:/Expointer 2004: diversidade coloca Caminhos da Integração co...
:/Banrisul bate recorde de propostas de negócios na Expointer:...
:/Expointer 2004: BB ultrapassa R$ 100 milhões em negócios
:/Expointer 2004: Secretaria da Agricultura compra suínos camp...
:/Expointer 2004: Rigotto concede entrevista coletiva
Promoção   Apoio:
       
Patrocínio:   Parceria na Promoção: